terça-feira, 28 de julho de 2020






No começo da quarentena eu estava muito aflita, insegura, sem saber o que fazer e só reclamava de tudo. De uma hora para outra, vi meus filhos ficando sem aula, marido tendo que trabalhar de casa, planos sendo adiados e até cancelados. Acredito que vocês também se viram assim. Além disso, muitas pessoas sem saber o que aconteceria com seus empregos, salários, e afins.

Com o passar dos dias, fomos nos ajustando e criamos uma nova dinâmica aqui em casa. O meu marido está trabalhando em sistema home office, começa ás 9:00 horas e termina por volta das 19:30. As aulas do João passaram a ser online e acontecem full time, já com  o Joaquim criamos uma rotina, nela tem hora para a lição, brincadeiras, jogos, filmes, etc.

Outro dia numa conversa com o João, pensamos em pontos positivos da quarentena e listamos alguns, como: a convivência, a qualidade do sono, não pegar trânsito, fazer todas as refeições juntos, brincarmos em família. Ele também destacou que agora está conseguindo se dedicar mais à pintura e ao desenho, que ele gosta mas em situação normal não tinha tanto tempo... já eu, estou lendo mais.

Percebemos que a quarentena tem algumas vantagens, como não precisar acordar às 6:00 horas, ou de como podemos almoçar juntos todos os dias, o que antes só acontecia nos finais de semana. Além disso, criamos o hábito de brincar com o Joaquim todas as noites (de mico, quebra gelo, jogo da memória, pula batatinha),nos reunimos para assistir filmes e fizemos pia-nic no quintal. 

Sabemos que a rotina antiga vai voltar, e esperamos que logo, mas espero também levar algumas experiências, aprendizados e novos hábitos da quarentena. Como diz o ditado: “se a vida te der limões, faça uma limonada”, e é o que estamos tentando fazer por aqui. E você? O que tem tirado de proveito disso? Que tal refletir?!



 

Casa e Filhos . 2017 Todos os Direitos Reservados. TYF Design Criado por TYF Design |